BOLO DE DIVÓRCIO

Toda mulher quando vai casar passa horas escolhendo qual o bolo que vai usar na sua festa, quantos andares, se é redondo ou quadrado, que tipo de detalhe vai usar, enfim o bolo é sem dúvida um elemento importante na festa de casamento e por isso merece muita atenção. Porém muitas pessoas, mulheres principalmente, tem readaptado a idéia do bolo de casamento e transformando-o em bolo de divórcio.

Leia Mais »

COMO ACABAR UM NAMORO COM ELEGÂNCIA

Todos nós sabemos como é difícil terminar aquele namoro que durou tempos e foi marcado por momentos felizes. Nenhum rompimento parece ser saudável no primeiro instante, não é mesmo? Especialmente quando o relacionamento parecia estar estável. Você que talvez acreditasse viver ao lado do namorado como futuro esposo, se vê agora desnorteada por fatos ou mesmo por situações inesperadas. Vê agora seu mundo desabando!

Leia Mais »

Práticas condenáveis para quem acaba um relacionamento recentemente

ex.jpgAcabar um namoro não é a coisa mais prazerosa da vida, mas temos de estar preparadas para encarar esse tipo de situação. Veja nosso “Manual do Ex”, com dicas e várias possibilidades de se livrar dos problemas causados pelos ex-namorados.

Práticas condenáveis para quem acaba um relacionamento recentemente:

  • Grudar no ex, bancando sua melhor amiga, para controlar sua vida e afastá-lo de possíveis namoradas.
  • Atacar o ex quando ele está bêbado e você sóbria.
  • Atacar seu ex quando você está bêbada e ele está sóbrio.
  • Aceitar uma noite de saudade sem camisinha.
  • Aproveitar-se sexual, financeira ou afetivamente de um ex que ainda está apaixonado por você.
  • Abraçar longamente seu ex, acompanhada de um novo namorado ou quando ele está com uma nova namorada.
  • Usar o ex para fazer ciúmes a um novo paquera. A não ser que ele esteja ciente disso.
  • Não utilizar joguinhos que lembrem Julia Roberts no filme “O casamento do meu melhor amigo”.
  • Usar termos como “o falecido”, “a anta”, “o idiota” ou “o traste” para se referir ao seu ex.
  • Ele é possessivo e ciumento e você não quer mais nada com ele. Neste caso é melhor não conversar nem vê-lo –o cara pode dar uma cena daquelas. O mesmo deve valer para o caso de a atual namorada dele ser possessiva e ciumenta. Zele por sua integridade física e moral.

Novamente Amor…


Olha, amor adormecido sempre desperta, porque o coração sempre fala mais alto. Os primeiros amores que nós temos em nossa vida são sempre muito especiais e, geralmente, inesquecíveis por terem sido inaugurais de nossa vida afetiva.

Daí o amor resolve bater novamente à porta, depois de belos adormecidos anos e de outra vivências. Você, uma mulher adulta e bem mais madura, ele tendo seguido outro rumo, com novas experiências afetivas e outros amores… Mas eis que vocês se reencontram nesse momento da vida e despertam para um novo (de novo) sentimento mais forte. Se apesar da longa separação um sentimento sobreviveu, esse sentimento já é a base para a reconquista desse amor.

Quem sabe não chegou a hora de viver uma bela love story? Se existe disposição, investir na relação para ela germinar pode dar certo. A semente já está plantada, agora é cuidar, regar, dar luz e calor para essa plantinha se desenvolver. Recomeçar, pelo jeito, parece ser também um exercício de maturidade. Afinal de contas, apesar de ter vivido outras experiências, a pessoa está ali de volta. Acaba novamente o encantamento inicial, a rotina se restabelece, novos conflitos surgem, mas o sentimento continua ali, firme e forte. Claro que sempre fica uma pulguinha atrás da orelha, quanto ao que o outro andou fazendo durante o intervalo da relação — nem tudo são flores na hora de reconstruir a velha história. O que não é nada saudável é ficar preso a erros do passado. Ah, e não dá pra deixar de notar se os defeitos e manias continuam os mesmos. A gente sempre quer que tudo de bom permaneça, mas que as coisas ruins tenham se apagado! A melhor parte da reconciliação é o conforto sentido por estar novamente na presença do outro. E os dois já acreditam conhecer tudo a respeito do parceiro. Opa, esse é um engano bem comum! Por mais que a gente creia piamente que já conhece o osso ser amado até do lado aveso, ainda há muito a ser descoberto. Já pensou que saco, voltar para um namoro e a pessoa não mudar uma única vírgula no comportamento, nem nos surpreender mais nem um pouquinho? Teste de paciência… Não, é de amor mesmo!

“Chance” significa uma ocasião favorável, uma oportunidade. Mas a pergunta é: existe maturidade para encarar esse recomeço? Em relacionamento, a oportunidade é criada pelos dois a partir do momento em que existe interesse mútuo. Este é o ponto de partida. Quando existe amor, deve-se, sim, agarrar a oportunidade e tentar outra vez, e que sejam relações mais transparentes e verdadeiras. Então, por que não arriscar? Use sua coragem e sinceridade. Seja feliz!

Hellen Marçal

site statistics